Páginas

2.11.09

finados

outubro foi um mês bom. e graças a deus já se foi.
daí qualquer leitor que não sofra de alzheimer poderia questionar-se: 'mas ela não passou o mês todo reclamando?'
sim prezado visitante, o mês de outubro foi um mês difícil, mas as dificuldades geram crescimento, não? e tem mais: foi um mês divertido.
em meio a tanto inferno astral, deu tempo de ir à Santa Maria passear, aprender e, o mais bacana, rever os amigos. #cidadepramorarné? quem sabe depois de 2011.
deu tempo também pra ficar mais velha experiente e reatar algumas das amizades que por vezes acreditei terem ficado pra trás. tempo pra festejar junto a pessoas especiais, e tempo pra sentir falta de algumas outras.
deu tempo pra analisar que nem sempre é pra sempre. já dizia a boa música que 'pra sempre sempre acaba'. e aqui ouso acrescentar: e começa novo de novo.
tempo de repensar no quão frágil o ser humano é. e quão mau ele também pode ser. tempo pra perceber que a vida é praticamente uma análise SWOT, com forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.
no momento em que o fim do semestre se aproxima e possivelmente eu vá perceber a quantidade de coisas ainda não fiz, vou tentar potencializar as oportunidades e me distanciar das ameaças, pra começar o meu ano novo nesse clima de paz que tomou conta dos dias.

*alice agora tem 23 anos e vai precisar treinar seu cérebro pra não responder 22 todas as vezes em que lhe perguntarem a idade. posta aqui quando faz balanços do mês e, apesar de não visitar cemitérios, enterra todas as coisas que lhe desagradam a 7 palmos de profundidade.

4 comentários:

Rafael Kenai disse...

qualquer leitor que não sofra de alzheimer ...

Ser excluido de um texto logo no inicio não tem preço...


IUEAHIUEHAIUHEIHEIUAH

Rafael disse...

é aquela coisa que a gente chama de vida: sempre a mesma em constante mudança. vá entender...

feliz aniversário, minha flor com uma pétala a mais.

Fala garoto, fala garota. disse...

ÊEE feliz aníver, e ahhh que saudade dos 20 e poucos anos, mais um mês e me aproximo da casa inimiga: os TRÊS PONTO ZERO!
:)

Di disse...

Diga Bom Dia, todo dia, pois todo dia é um novo dia!

Já dizia uma camapanha da Rede Globo.

Te amo hoje. amanhã. e sempre!

TO SEMPRE AI!

Beijão