Páginas

23.6.09

música do dia

eu faço samba e amor até mais tarde
e tenho muito sono de manhã
escuto a correria da cidade que arde
e apressa o dia de amanhã
de madrugada a gente 'inda se ama
e a fábrica começa a buzinar
o trânsito contorna, a nossa cama
reclamado nosso eterno espreguiçar
no colo da bem vinda companheira
no corpo do bendito violão

eu faço samba e amor a noite inteira
não tenho a quem prestar satisfação

eu faço samba e amor até mais tarde
e tenho muito mais o que fazer
escuto a correria da cidade.
Que alarde!
será que é tão difícil amanhecer?
não sei se preguiçoso ou se covarde
debaixo do meu cobertor de lã

eu faço samba e amor até mais tarde
e tenho muito sono de manhã.

esse Chico é mesmo muito inteligente. dispensa comentários.

*alice escuta ‘chico buarque’ com samba e amor a noite inteira. e tem muito sono de manhã.

3 comentários:

Ci disse...

*Ai o Chico...

*suspiro

W. Fernandes disse...

Em meio à roda-viva, esquecemos das origens.

"Ah, se já perdemos a noção da hora/ se juntos já jogamos tudo fora..."

Obrigado por salvar minha tarde! rsrs

Bom, blog!
P.S.: Peguei link ocm a Cuka (acho) rsrs

Alice disse...

Ci, muitos suspiros!

W. Fernandes, muito obrigada! fique a vontade por aqui!